O QUE É O PERIFERIAS?

Periferias Festival de Cinema é um evento dedicado ao cinema de autor e às culturas rurais e periféricas, que decorre entre os dias 27 e 30 do Agosto. A terceira edição do Periferias, com sessões agendadas para vários pontos do concelho, constitui um momento importante na consolidação do festival, apostado em criar um público de cinema numa região de fronteira. Pela primeira vez, o programa integra a localidade vizinha de Valência de Alcântara (Espanha), assumindo uma vertente de cooperação transfronteiriça que se pretende reforçar progressivamente.

Da programação deste ano, merece destaque a secção documental subordinada ao tema “Histórias no Feminino”, onde se inclui um ciclo dedicado a Kim Longinotto, com a projecção das obras “Salma”, “Dream Girls” e “Pink Saris”. O cinema de Kim Longinotto, uma das mais marcantes e premiadas documentaristas da actualidade, assume-se politicamente comprometido, colocando em evidência os aspectos mais difíceis da realidade das mulheres em diferentes culturas e continentes.

[Ler Mais..]

 


OS 3 PILARES DO FESTIVAL

Tomando como referência a Periferia, o Mundo Rural e o Cinema de Autor de outros continentes, numa linguagem de interculturalidade, o Festival materializa-se em três pilares fundamentais, que são outros tantos espaços de trabalho:
A Terra Produz,
Cinema de Outras Latitudes
e Cultura Inquieta.

A Terra Produz

Pretende colocar a cultura das periferias e do mundo rural no centro da reflexão das novas sociedades contemporâneas, através da realização de Micro-Documentários de produção local, os quais não só documentem as histórias de vida da população, as artes e ofícios locais, como também a Ecologia e o Meio ambiente. Com esse objectivo, promoveremos a realização de uma Residência Artística Audiovisual no concelho de Marvão, durante o ano de 2016, como um primeiro território a explorar. Por outro lado, serão também exibidas curtas e documentários abordando o tema da Identidade rural.

Cinema de Outras Latitudes

Exibição de cinema independente, não comercial de todo o mundo. Durante esta edição 2014 teremos a oportunidade de ver contextos inéditos, culturas e realidades pouco conhecidas, tendo os sonhos e as histórias do cinema Português e Latino-americano, entre longas-metragens de ficção, documentários e curtas-metragens.

Cultura Inquieta

O festival, tendo o cinema como verdadeiro protagonista, desenvolverá actividades paralelas às projecções como: exposições, concertos, e master classes com a intervenção de diferentes cineastas e personalidades relacionadas com o meio.

A QUEM SE DIRIGE

· Público fidelizado que se reconhece como uma comunidade e que vive o festival como uma experiência

· Público escolar e familiar

· Estudantes e docentes de escolas, universidades e centros de ensino de cinema e comunicação audiovisual

· Convidados nacionais e internacionais que assistem ao festival associados a uma obra, homenagens, sessões especiais, etc.

· Adultos, jovens e amantes de cinema